Jorge Benjor

CHARLES, ANJO 45

Oba, oba, oba charles
Como é my friend Charles
Como vão as coisas Charles?
Charles Anjo 45 protetor dos fracos e dos oprimidos
Robin Hood dos morros rei da malandragem..um homem de verdade
Com muita coragem
Só porque, porque, porque
Charles marcou bobeira
Foi tirar férias forçadas numa colônia penal, oba
Oba, oba, oba charles
Como é my friend Charles
Como vão as coisas Charles?
Charles Anjo 45 protetor dos fracos e dos oprimidos
Mas Deus é justo e verdadeiro e antes de acabar as férias nosso Charles vai voltar
Para alegria geral, antecipando o carnaval, vai ter batucada, missa em ação de graças
Whisky com feijoada e outras milongas mais
Oba! oba, oba, oba Charles
Como é my friend Charles
Como vão as coisas Charles?
Charles, 45
Charles Anjo 45 protetor dos fracos e dos oprimidos

Mas Deus é justo e verdadeiro e antes de acabar as férias nosso Charles vai voltar
Para alegria geral, antecipando o carnaval, vai ter batucada, missa em ação de graças
Whisky com feijoada e outras milongas mais
Oba! oba, oba, oba Charles
Como é my friend Charles
Como vão as coisas Charles?

CHOVE CHUVA

Chove chuva, chove sem parar, chove chuva, chove sem parar
Pois eu vou fazer uma prece pra Deus nosso senhor,
Pra chuva parar de molhar o meu divino amor
Que é muito lindo, é mais que o infinito, é puro e belo inocente como a flor
Por favor chuva ruim, não molhe mais o meu amor assim
Por favor chuva ruim, não molhe mais o meu amor assim

IVE BRUSSEL

Você com essa mania sensual de sentir e me olhar
Você com esse seu jeito contagiante fiel e sutil de lutar
Não sei não, assim você acaba me conquistando
Não sei não, assim eu acabo me entregando
Pois está fazendo uma ano e meio amor
Que eu estive por aqui
Desconfiado, sem jeito e quase calado
Quando fui bem recebido e desejado por você
Nunca como eu poderia esquecer amor
Ai, ai se naquele dia você foi tudo, foi demais pra mim
Ai, ai se naquele dia você foi tudo, fez de mim um anjo
Ive, Ive Ive Brussel, Brussel, Brussel, Brussel

MAS QUE NADA

Oh Ariana oh oba oba oba
Mas que nada sai da minha frente
Que eu quero passar
Pois o samba está animado
O que eu quero é sambar
Este samba que é misto de maracatu
É samba de preto velho
Samba de preto tú
Mas que nada um samba como este tão legal
Você não vai querer que eu chegue no final
Oh Ariana oh oba oba oba

O TELEFONE TOCOU NOVAMENTE

O telefone tocou novamente
Fui atender e não era o meu amor
Será que ela ainda está muito zangada comigo
Que pena há,há,há
Que pena
Que pena há,há,há
Que pena
Pois só ela / me entende e me acode
Na queda ou na ascensão
Ela é a paz da minha guerra
Ela é meu estado de espírito
Ela é a minha proteção
Que pena há,há,ha
Que pena
Que pena há,há,ha
Que pena

Com ela eu sou mais eu
Com ela eu sou um anjo
Com ela eu sou criança
Eu sou a paz,
Eu sou o amor
E a esperança.

OS ALQUIMISTAS ESTÃO CHEGANDO

Eles são discretos e silenciosos
Moram bem longe dos homens
Escolhem com carinho a hora
E o tempo de seu preciso trabalho
São pacientes, pacivos e perceverantes
Executam, segundo as regras herméticas
Desde a trituração à fixação
A destilação e a coagulação
Trazem consigo cadinhos
Vasos de vidro, potes de louça
Todos bem e iluinados
Evitam qualquer relação com pessoas
De temperamento sórdido
De temperamento sórdido
Estão chegando os alquimistas
Os alquimistas estão chegando
Estão chegando os alquimistas
Os alquimistas estão chegando

PAÍS TROPICAL

Moro num país tropical abençoado por Deus
E bonito por natureza mas que beleza, em fevereiro, em fevereiro
Tem carnaval, tem carnaval, tenho um fusca e um violão
Sou Flamengo e tenho uma nega chamada Tereza
Sambaby Sambaby sou um menino de mentalidade mediana
Mas assim mesmo feliz da vida pois eu não devo nada a ninguém
Pois sou feliz, muito feliz, comigo mesmo

Sambaby Sambaby eu posso não ser um band leader, pois é
Mas lá em casa todos meus camaradas me respeitam, pois é
E essa é a razão da simpatica de poder do algo mais e da alegria

POR CAUSA DE VOCÊ MENINA

Por causa de Você bate em peito
Baixinho quase calado coração apaixonado por você
Menina ....menina que num sabe quem eu sou
menina que não conhece meu amor
Você passa não me olha.....
Mas eu olho pra você
Você não me diz nada
Mas eu digo pra você
Você por mim não chora
Mas eu choro por você
Saiuba saiuba saiuba saiuba saiuba menina...

QUE MARAVILHA

Lá fora está chovendo
Mas assim mesmo eu vou correndo
Só prá ver o meu amor

Ela vem toda de branco
Toda molhada e despenteada
Que maravilha, que coisa linda que é o meu amor

Por entre bancários, automóveis, ruas e avenidas
Milhões de buzinas tocando sem cessar
Ela vem chegando de branco, meiga e muito tímida
Com a chuva molhando o seu corpo que eu vou abraça
E a gente no meio da rua do mundo, no meio da chuva
A girar, que maravilha

QUE PENA

Ela já não gosta mais de mim / Mas eu gosto
Dela mesmo assim / Que pena, que pena
Ela já não é mais a minha pequena
Que pena, que pena
Pois não é fácil recuperar
Um grande amor perdiiiido
Pois ela era uma rosa / Ela era uma rosa
As outras eram manjericão
As outras eram manjericão
Ela era uma rosa / Ela era uma rosa
Que mandava no meu coração
Coração, coração
Mas eu não vou chorar
Eu vou é cantar Pois a vida continua
Pois a vida continua /E eu não ficar sozinho
No meio da rua, no meio da rua/ Esperando que
Alguém me dê a mão , me dê a mão, a mão

TAJ MAHAL

Taj Mahal, Taj Mahal, Taj Mahal, Taj Mahal
Te te teterete, te te terete, te te terete te te
Te te teterete, te te terete, te te terete te te

Foi uma linda estória de amor oh oh
Que até hoje eu já ouvi contar
Do amor do príncipe San German, pela princesa num Mahal
Do amor do príncipe San German pela princesa num Mahal

Taj Mahal, Taj Mahal, Taj Mahal, Taja Mahal
O monumento em homenagem ao amor construído em 1040 no ano égira para
A sua amada num Mahal
Te te teterete, te te terete, te te terete te te
Te te teterete, te te terete, te te terete te te



Adicione seu banner aqui, em troca pedimos que coloque nosso banner no seu site.
Contato