Área Macintosh

Velhinhos, mas dão no couro

mac

Macs antigos, como já se sabe, são clássicos e devem ser reverenciados, mas não existe nenhuma lei que impeça um “upgrade” não autorizado. E foi isso que dois macmaníacos resolveram fazer, transformando um Color Classic num G4 e um Mac SE num iMac G3 233.

O processo para criar o Power Color Classic G4 foi desenvolvido por G. Younk, que participa de um grupo de colecionadores de Mac, o The Mac 512. Ele conseguiu a façanha de colocar um G4 Cubo com 512 MB de RAM e um HD de 30 GB dentro da carcaça de um Color Classic. Segundo o autor da façanha, ele só não conseguiu fazer funcionar o DVD e o AirPort e o monitor teve que ser trocado por um outro com resolução maior. Enquanto isso, no Japão, o dono de uma loja de Macs antigos instalou a placa mãe de um iMac G3 233 com 288 MB de RAM, um HD de 4 GB e um CD-ROM (conectado na parte de trás) em um Mac Se 30 para rodar o Mac OS X num Mac com monitor preto e branco. Este último está à venda lá na terra do Sol Nascente por cerca de US$ 1.700, ou seja, quase o preço de um novíssimo iMac G4 com tela plana.

Atenção: apesar de parecer divertido, fazer um “upgrade” desses requer muito tempo, paciência e coragem. Se você acha que vale mais a pena manter sua relíquia funcionando como ela veio ao mundo, não tente fazer isso em casa.