Dancin'Days

Rede Globo - 20h

de 10 de julho de 1978 a 27 de janeiro de 1970

Dancin'Days

Novela de Gilberto Braga

Elenco

Sônia Braga Antonio Fagundes Joana Fomm
Reginaldo Faria Glória Pires Lauro Corona
Lídia Brondi Mário Lago Pepita Rodrigues
Cláudio Corrêa e Castro Milton Moraes Yara Amaral
Lourdes Mayer Sura Berditchevsky Eduardo Tornaghi
José Lewgoy Ary Fontoura Gracinda Freire
Mauro Mendonça Beatriz Segall Regina Viana
Ivan Cândido Cleide Blota Jacqueline Laurence
Neuza Borges Chica Xavier Diana Morel
Mira Palheta Fernando Amaral Suzana Queiroz
Luciano Sabino Rejane Schumann Renato Pedrosa
Selma Lopes Osmar de Matos Sandra Campos
Júlio Luís    

Sinopse

Júlia Matos (Sônia Braga), depois de onze anos de prisão, tenta conquistar o amor da filha, Marisa (Glória Pires), e o maior obstáculo é a colunável Yolanda Pratini (Joana Fomm), sua irmã, que criou a menina como filha dando luxo e conforto. Antes da conquista, reencontra seu lugar na sociedade e o amor do diplomata Cacá (Antonio Fagundes).

Opinião

O começo não parecia promissor. Às vésperas da estréia, várias cenas tiveram que ser regravadas, com Joana Fomm substituindo Norma Bengell, no papel de Yolanda Pratini, a “socialite” irmã de Júlia Mattos (Sônia Braga), uma ex-presidiária. Mas tudo funcionou, Joana foi um dos destaques do elenco, Sônia ditou moda, com suas roupas de cetim e meias soquetes brilhantes, e a novela virou coqueluche, espalhando discotecas pelo País.

Fotos

Beatriz Segall e Antônio Fagundes Família: Lauro Corona, Claudio Corrêa e Castro,Beatriz Segall e Antônio Fagundes Alberico Santos (Lago) e a ex-presidiária Júlia Matos (Sônia) O casal Cacá (Fagundes) e Júlia (Sônia)

“(Júlia Matos - Sônia Braga - não vê a hora de contar toda a verdade e se apresentar para a filha, Marisa - Glória Pires) YOLANDA (Joana Fomm) ACHA QUE AINDA NÃO É A HORA DA REVELAÇÃO

Capítulo 2 (Cena 29)

  • YOLANDA Bonita, não é? (se referindo à jovem Marisa).
  • JÚLIA Eu não sei como é que vou te pagar, por tudo que fez.
  • YOLANDA Você não tem que pensar nisso.
  • JÚLIA Eu não vou resistir muito tempo. Eu tenho que conversar com Marisa, ela vai entender.
  • YOLANDA Você vai resistir. Eu acho que em menos de um ano…
  • JÚLIA Um ano?
  • YOLANDA Não sei, Júlia, é difícil calcular quanto tempo vai levar pra você ter uma situação, pra você se tornar apresentável.
  • JÚLIA Que vestido lindo ela estava usando…
  • YOLANDA Eu não quero te magoar, mas você sente a diferença? Se olha no espelho, Júlia. Esses anos te marcaram. Você tem que tomar um banho de civilização, pra conhecer Marisa numa boa.
  • JÚLIA Você não está entendendo, Yolanda. Foi um erro muito grande eu ter escondido a verdade. Eu, nesses anos todos, li muito sabe? Aprendi muita coisa. E eu estou segura que a mentira não é boa…Eu quero encontrar minha filha agora e contar tudo. Sair da prisão só vai ter sentido se eu puder conviver com ela.
  • YOLANDA Você não tem o direito de fazer isso.
  • JÚLIA Que direito maior pode existir, que meu direito de mãe? Eu tô decidida, se você não me ajudar eu vou procurar Marisa sozinha.”