Suave Veneno

Rede Globo - 20h30

de 18 de janeiro a 17 de setembro de 1999

Suave Veneno

Novela de Aguinaldo Silva

Direção: Daniel Filho, Ricardo Waddington, Marcos Schechtman

Elenco

José Wilker Vanessa Lóes Matheus Rocha
Glória Pires Deborah Secco Daniela Faria
Irene Ravache Sérgio Viotti Cecília Dassi
Letícia Spiller Jorge Dória Vinícius de Oliveira
Ângelo Antônio Eva Todor Herval Silveira
Patrícia França Nelson Xavier Ivan Cândido
Tarcísio Filho Ana Rosa Ilva Niño
Kadu Moliterno Fúlvio Stefanini Léa Garcia
Rodrigo Santoro Rodrigo Faro Elias Andreato
Luana Piovani Nívea Stelmann Tuca Andrada
Betty Faria Luiz Carlos Tourinho Mariah da Penha
Diogo Vilela Totia Meirelles Guilherme Corrêa
Nívea Maria Heitor Martinez Tácito Rocha
Nuno Leal Maia Samara Felippo Luís Antônio Pillar

Abertura

Introdução

Um homem à margem do mundo que criou. Este é o ponto de partida da trama de Suave Veneno, escrita por Aguinaldo Silva, Angela Carneiro, Maria Helena Nascimento, Filipe Miguez e Fernando Rebello, com a colaboração de Marília Garcia. A novela tem direção geral de Daniel Filho e Ricardo Waddington e conta com José Wilker interpretando o principal personagem Waldomiro Cerqueira, Glória Pires, Irene Ravache, Betty Faria, Letícia Spiller, Patrícia França, Rodrigo Santoro, Luana Piovani, Angelo Antonio, Diogo Vilela, Tarcísio Filho e grande elenco.

Segundo o autor, Aguinaldo Silva, o clássico Rei Lear, do dramaturgo inglês William Shakespeare serviu como inspiração para a novela, e principalmente, para o personagem central, Waldomiro. Mistério, suspense, romance e humor: são os ingredientes usados para destilar um Suave Veneno.

Trama

Para o ator José Wilker, a solidão de Waldomiro é uma das características do personagem que mais o atraem. “Na primeira oportunidade, ele se joga por inteiro para preencher o vazio em sua alma”, avalia. Outros traços pessoais de Waldomiro, que atraíram o ator, são que apesar de todo sua fortuna, ele é um homem simples e generoso.

A atriz Glória Pires está compondo seu personagem baseada na intuição. “Ela é frágil”, comenta, laconicamente. A atriz enfrenta o desafio de criar um personagem do qual ela não conhece premissa alguma, apenas algumas respostas sobre o futuro, mas que não podem ser reveladas antes do tempo.

Suave Veneno terá também doses de humor reveladas em personagens como Uálber Cañedo, o guru que mistura crenças e poderes e atua como consultor espiritual de vários protagonistas. Ele levita e move objetos à distância, só que os efeitos nunca funcionam quando há público. Entre a afirmação de sua paranormalidade e o desejo de ajudar as pessoas, ele sonha também em produzir um serviço 0900. Carlota Valdés é outro personagem de humor e mistério, uma viúva que, à noite, vive fantasias inomináveis num caso explícito de dupla personalidade.

Os outros personagens que compõe a novela estão divididos em dois núcleos. O primeiro gira em torno de Waldomiro e inclui os que moram num condomínio construído por ele na Barra da Tijuca, a Vila Marmoreal. No outro grupo, em Laranjeiras, vivem seus funcionários e amigos, num prédio também construído por ele e batizado de Bege-Bahia.

Produção

O mundo da extração do mármore é o principal destaque da produção da novela Suave Veneno. A produtora de arte Ana Maria de Magalhães pesquisou as características do mineral no Espírito Santo e na Bahia. No primeiro capítulo, o personagem Waldomiro visita sua jazida na Bahia, onde é produzido o granito azul-macaúba, um dos mais valorizados do mercado. As cenas foram gravadas numa pedreira verdadeira. Este valioso mármore também foi utilizado na criação do logotipo da empresa de Waldomiro. O mármore está sempre presente na produção da novela, como por exemplo, em objetos de cena e na composição de cenários.

Outro destaque importante na produção da novela são os desenhos do personagem Eliseu. Otávio Avancini - escolhido entre 80 artistas - é o responsável pelos desenhos e painéis do personagem.

Mas as pesquisas da produção não param por aí: o guru Uálber ganha adereços místicos, frutos de uma mistura sincrética com pedras, pirâmides, cristais e búzios. Enquanto o figurino da misteriosa Carlota é inspirado pelo universo do cineasta espanhol Pedro Almodóvar, com oncinhas, capas e outros fetiches.

A novela tem cenários construídos nos estúdios do Projac: os interiores das casas do condomínio de Waldomiro, os escritórios da empresa Marmoreal e os apartamentos do edifício Bege-Bahia. Existem ainda outros cenários, como o Bar do Gato, produzidos na cidade cenográfica, pelo diretor de arte Mário Monteiro. As cenas externas do local onde Waldomiro mora, a Vila Marmoreal, são gravadas em um condomínio da Barra da Tijuca, enquanto para o edifício Bege-Bahia é usado um prédio do bairro de Laranjeiras, no Rio de Janeiro.

Autor

Aguinaldo Silva é o autor de Roque Santeiro, Pedra Sobre Pedra e A Indomada, entre outras. São novelas com temáticas rurais e uma dose de realismo fantástico que consagraram seu estilo. Agora, ao completar 20 anos de televisão, o autor volta ao gênero do início da carreira: a história urbana. Ex-repórter policial, autor de livros, peças e roteiros de cinema, Aguinaldo Silva estreou na Rede Globo escrevendo o seriado Plantão de Polícia, onde o personagem principal também se chamava Waldomiro. Mas segundo o autor, é apenas pura coincidência, pois Suave Veneno não é uma história policial. A novela adota uma temática atemporal, onde suspense e mistério estarão em evidência. A idéia de Aguinaldo Silva é que os segredos dos personagens darão margem a surpreendentes viradas a cada 20, 30 capítulos, trazendo novas perguntas à tona. “O início da história, inspirado em Shakespeare, tem o propósito de refletir sobre a sociedade de hoje, onde as pessoas são substituídas mais cedo em suas vidas. Waldomiro é mais novo do que o Rei Lear, mas ambos têm de enfrentar dramas semelhantes”, analisa Aguinaldo Silva.

O universo da novela é concentrado - são apenas 29 personagens - o que beneficia a trama principal que envolve Waldomiro, Eleonor, Maria Inês e Clarice. Em todos os núcleos e histórias paralelas a ação é inesperada e cada personagem receberá um tratamento específico. Há pitadas de realismo fantástico nas idas e vindas de uma “Dama da Noite” que ataca os homens; no amigo invisível de Rafa, neto de Waldomiro, que, embora ninguém acredite, lhe dá conselhos; e nos poderes de Uálber, personagem que também mostra elementos de comédia. Enfim, humor, fantasia, entretenimento e drama. Esses são os ingredientes que o autor utiliza para escrever a novela. Entre todos os gêneros e protagonistas, é na busca de uma linha comum ao grande público que Aguinaldo Silva cria sua ficção.

Logo

Perfil dos Personagens

Waldomiro Cerqueira (José Wilker) - Pernambucano de origem humilde, migrou para o Rio há 30 anos e fez fortuna comercializando mármores. Abatido com a insistência das filhas em assumir o controle de sua empresa, ganha novo ânimo quando conhece uma moça com amnésia.

Inês (Glória Pires) - Diz ter perdido a memória e conhece Waldomiro por acaso. Sem ter para onde ir, aceita morar na casa dele. Sua única amiga é Clarice (Patrícia França).

Clarice (Patrícia França) - Advogada iniciante, se interessa pela história de Inês. Tem um caso com um dos clientes, que está preso, e divide o escritório com Cláudio (Luiz Antônio Pillar).

Regina (Letícia Spiller) - Filha mais velha de Waldomiro, quer tomar o lugar do pai na empresa da família.

Figueira (Kadu Moliterno) - Marido de Regina, é totalmente passivo. Trai a mulher com Carlota (Betty Faria).

Patti (Cecília Dassi) - Filha de Regina e Figueira. Arrogante e precoce, está sempre tentando imitar a mãe.

Rafa (Herval Silveira) - Irmão de Patti e xodó de Waldomiro. Tem um amigo secreto, que todos julgam ser apenas fruto de sua imaginação.

Maria Antônia Cerqueira (Vanessa Lóes) - A filha do meio de Waldomiro Eleonor. É hipocondríaca, apesar de ser saudável. É alheia aos negócios da família e, nas decisões da empresa, sempre vota de acordo com o marido, por quem é apaixonada.

Augusto Ivan da Silva (Tarcísio Filho) - Marido de Maria Antônia. Rapaz de família humilde, deu o golpe do baú mas acabou se apaixonando de verdade pela mulher. Na empresa, não mede esforços para conseguir seus intentos. Ama ostentar riqueza, mas esbarra sempre na oposição de Waldomiro.

Márcia Eduarda Berganti de Cerqueira (Luana Piovani) - A caçula de Waldomiro e Eleonor. É diferente das irmãs: não é frágil como Maria Antônia, nem ambiciosa como Maria Regina. Está a espera de um grande amor. Romântica, conhece Eliseu e se apaixona, sem perceber que a mãe também se relaciona com o rapaz.

Alceste Berganti (Sergio Viotti) - Tio de Eleonor, um solteirão que foi namorador nos áureos tempos. Seus conselhos são sempre bem recebidos por Waldomiro, embora o resto da família não tenha muita paciência com ele. Também mora no condomínio de Waldomiro e todos acham que sobrevive apenas de uma pensão.

Emiliana Loureiro de Barros (Nívea Maria) - Naná é a grande amiga de Eleonor. Está sempre criticando Waldomiro, o que parece ser uma forma de esconder um outro tipo de sentimento. Elegante e refinada, não tem dinheiro, mas nunca perde a pose.

Eliseu (Rodrigo Santoro) - Tímido, doce, sonhador e um tanto ingênuo, é um artista plástico que veio ao Rio para vencer na vida, mas não tem sorte. Depois de umas bebidas a mais, decide que não pode voltar para sua terra sem ter conseguido o sucesso e tenta se atirar de uma ponte. Conhece, então, Eleonor, a mulher que vai lhe dar apoio e incentivo.

Fortunato Queiroz (Nelson Xavier) - Companheiro e braço direito de Waldomiro. É síndico do edifício Bege-Bahia e é sócio minoritário das empresas. Casado há mais de 30 anos, ainda é apaixonado pela mulher e sua volúpia o torna alvo de muitas situações engraçadas.

Geninha Queiroz (Ana Rosa) - Esposa de Fortunato, tranqüila e, uma espécie de conselheira dos moradores do prédio. Freqüenta a casa de Waldomiro mas nunca se sente muito à vontade, exceto com Márcia, de quem se torna amiga e confidente. É considerada o ponto de equilíbrio da novela.

Adriana Queiroz (Daniela De Faria) - Filha adotiva de Fortunato e Geninha, que ainda não conhece suas origens. Trabalha na Marmoreal como secretária de Waldomiro e se revolta contra Márcia, por ciúmes da relação dela com sua mãe.

Uálber Cañedo (Diogo Vilela) - É o guru e vidente da história, um homem com poderes paranormais que ainda não controla muito bem e que ninguém consegue provar, mas em que todos acreditam. É honesto e sonha montar um serviço telefônico para dar consultas. Oscila entre a vigarice e o amor que tem por sua família. Apesar de sua mãe viver arranjando namoradas para ele, Uálber não demonstra interessa por nenhuma.

Edilberto Ferreira (Luis Carlos Tourinho) - O ajudante de Uálber, é também seu secretário, confidente, motorista - enfim, um faz-tudo. Adora freqüentar a vida noturna de certos bares no Rio de Janeiro.

Maria do Carmo (Eva Todor) - Mãe de Uálber, adorável, cuida também dos sobrinhos-netos Augusto Ivan, Léo e Marina. É tão boa que não enxerga a real face das pessoas - as opções sexuais do filho, o mau-caratismo de Ivan, os métodos de Marina para fazer sucesso e até mesmo as escapulidas noturnas de Carlota.

Leonardo José (Matheus Rocha) - Primo de Uálber e irmão de Ivan, ocupa um cargo sem muita função na Marmoreal, conseguido por pressão do irmão, a quem tenta imitar. Seu objetivo é casar-se com Márcia, filha de Waldomiro, mas seus projetos mudam quando conhece Marina.

Marina da Silva Coelho (Deborah Secco) - Top model do ano, garota do Tchan, coelhinha de calendário, já tentou ser tudo isso mas sem sucesso. Seu objetivo é arrumar um marido rico. Bonita, sensual, vive na praia se exibindo em busca da presa perfeita. Ao conhecer Renildo, sua vida também passa por transformações.

Renildo Soares (Rodrigo Faro) - Filho do porteiro do Edifício Bege-Bahia, consegue realizar o sonho de ser jogador de futebol. Contratado para jogar no exterior, seu destino não será recheado de glórias ao descobrir que tem uma doença degenerativa.

Clóvis Soares (Elias Andreatto) - Porteiro do edifício, pai de Renildo, é também de origem nordestina. Tem uma relação com Dona Maria do Carmo, que não passa de amizade.

Carlota Valdés (Betty Faria) - Viúva de militar, inquilina do Bege-Bahia, recatada durante o dia, mas à noite muda de roupa e de personalidade, quando sai sem destino conhecido. Disfarça quando perguntada sobre sua vida. É fruto da curiosidade geral.

Felisberto Morel (Nuno Leal Maia) - O Gato, como é mais conhecido, dono de um bar perto do Bege-Bahia, por onde passam vários personagens da história, sendo um ponto de encontro onde vários caminhos se cruzam. É apaixonado por Carlota.

Claudionor (Heitor Martinez) - Balconista do Bar do Gato, é forte, rústico, excessivo e objeto de desejo das empregadas do bairro. Preconceituoso, não gosta de Uálber, com quem trava um relacionamento ambíguo.

Eliete Soares (Nívea Stelmann) - Uma das empregadas da casa de Waldomiro, é namorada de Claudionor. Adora samba e pagode. É sensual e está sempre sorridente - menos para Uálber, com quem vai ter ciúmes por causa do namorado.

Adelmo de Alencar (Angelo Antônio) - Está preso quando a história começa e se relaciona com a advogada Clarice.

Claudio Moreira (Luiz Antônio Pillar) - Advogado amigo de Clarice, é criminalista e se apaixona pela colega. Irá ajudá-la a tirar Adelmo da cadeia, mas com o tempo também vai se interessar em descobrir os segredos da história.

Fausto (Jairo Matos) - empresário paulista;

Josué (Cassiano Carneiro) - ajudante do Bar do Gato;

Brother (Leonardo Miranda) - boy da Marmoreal;

Lucilene (Mariá da Penha) - empregada de Maria Regina;

Wanda (Nica Bonfim) - empregada de Maria Antônia;

Zezé (Ilva Niño) - empregada de Waldomiro;

Claraíde (Emilia Rei) - empregada de Eleonor; Heitor (Guilherme Correia) - copeiro de Waldomiro;

Waldecyr (Giulio Lopes) - motorista da Eleonor;

Alfredo (Joel Silva) - motorista de Waldomiro;

Gladys (Angela Rebello) - recepcionista da Marmoreal

Dr. Faria (Tacito Rocha) - advogado de Waldomiro;

Empregada de Fortunato (Francely Freitas); Italiano (Tom Curti); Presidente da Associação Comercial (Roberto Frota); Enfermeira com sotaque nordestino (Marcélia Cartaxo); Dr. Joffily (Jardel Melo); Dr Fernando (Tadeu Di Pietro).

Fotos

Vanessa Lóes, Luana Piovani e Letícia Spiller Diogo Vilela e Luiz Carlos Tourinho José Wilker Luana Piovani e Rodrigo Santoro Patrícia França e Glória Pires

Resumo dos Capítulos

CAPÍTULO 1: Waldomiro vê um pivete assaltando Maria Inês, que desaparece. Adelmo se encontra com Clarice na prisão. Maria Regina assina um novo contrato com os fornecedores italianos. Waldomiro volta da viagem à pedreira e briga com as filhas, que querem assumir a direção da empresa. Inês entra no táxi de Waldomiro e os dois sofrem um acidente. Na festa que homenageia Waldomiro como empresário do ano, Clarice acusa-o pelo acidente com Inês. Eleonor vê Eliseu tentar o suicídio. Waldomiro vai ao hospital, mas Inês não lembra de nada.

CAPÍTULO 2: Inês não se lembra do passado. Eleonor impede Eliseu de cometer suicídio, e o leva para a casa de Emiliana. Marina seduz Fausto. Waldomiro exige que Maria Regina revogue o contrato. Marcia vê Eliseu mas não fala com ele. Waldomiro decide que Inês vai ficar em sua casa até recuperar a memória.

CAPÍTULO 3: Inês recusa a oferta de Waldomiro para morar em sua casa. Apesar da recusa, Waldomiro convoca uma reunião familiar e informa que vai hospedá-la. Eliseu conta para Eleonor que pretendia se suicidar. Inês foge do hospital. Léo paquera Marcia. Dr. Claudio alerta Clarice sobre Adelmo. Regina revoga o contrato com os empresários italianos. Fausto procura Marina. Waldomiro e Clarice descobrem que Inês desapareceu.

CAPÍTULO 4: A família não quer que Waldomiro leve Inês para casa. Eleonor quer ajudar Eliseu a ser um artista de sucesso. Uálber prevê que um homem vai colocar a vida de Eleonor em perigo. Gato quer descobrir o segredo de Carlota. Fausto não comparece ao encontro com Marina. Regina descobre que Ivan avisou Waldomiro sobre o contrato e promete se vingar. Inês, acuada, se esconde no Museu de Arte Moderna mas, quando é mandada embora de lá, tem uma crise nervosa. Waldomiro e Clarice vão buscar Inês no museu. Inês lembra de seu nome.

CAPÍTULO 5: Waldomiro diz a Inês que vai protegê-la. Emiliana não concorda com a atitude de Eleonor de sustentar Eliseu. Dr. Faria diz que vai tomar os procedimentos legais para que Waldomiro acolha Inês. As filhas cobram uma satisfação de Eleonor em relação à presença de Inês na casa. Eliseu desenha com paixão. Uálber faz um efeito mágico com sua varinha. Carlota se produz toda para sair. Waldomiro compra roupas para Inês. Clarice lembra a promessa que fez a Adelmo de tirá-lo da cadeia. Álvaro se encontra com Carlota. A família recepciona a chegada de Inês e Waldomiro.

CAPÍTULO 6: Inês fica sem graça na presença da família de Waldomiro. Regina a hostiliza. Eleonor acha que Waldomiro está interessado em Inês e comenta que vai interferir na relação. Inês ocupa seu quarto na casa. Regina briga com Rafael e protege Patti. Álvaro promete a Carlota um novo encontro. Gato diz que sente atração por Carlota. Eleonor relembra seu casamento com Waldomiro. Maria Antônia e Ivan fazem amor. Eliseu faz um retrato de Eleonor. Waldomiro vê Inês se despir à luz da lua e se encanta.

CAPÍTULO 7: No jantar na casa de Waldomiro,”farpas” são atiradas para todos os lados. No Bar do Gato, outra festa, pela libertação de Marina, que, como sempre, sonha em ser modelo/atriz e posar nua para uma revista. Eleonor e Waldomiro discutem, através de terceiros, claro. Inês, sem perceber, fala do passado. Uma súbita volta de memória? - ironiza Regina, que não perdoa ninguém e coloca todos na sua mira de tiro: Clarice, a morena-jambo, como gosta de chamar a advogada, que retruca; Waldomiro, para quem tece loas de admiração à mãe, tornando o clima da festa insuportável. No fim, sobram somente na sala Waldomiro e Inês. Figueira, com uma desculpa, sai para se encontrar com Carlota.

CAPÍTULO 8: “E se o teu pintor arrumar uma namorada”- a pergunta de Emiliana fica martelando na cabeça de Eleonor, que reage à possibilidade de se envolver com o jovem. Enquanto isso, Eliseu tenta desesperadamente pintar o rosto de Márcia, que também relembra os momentos juntos com ele. Regina, ainda irritada com a festa, agride Inês mais uma vez no jardim. Num prédio da Zona Sul, Carlota espera o amante, Figueira com vários charutos - que ele adora. Gato só espreita tentando descobrir a vida de Carlota e a identidade do seu acompanhante. No quarto, Regina exige explicações do marido.

CAPÍTULO 9: Figueira, sem palavras, tenta contornar a raiva de Regina, que não diminui nem quando o marido desmaia. Patti é que descobre que o pai está muito mal, com uma crise hipertensiva: charutos cubanos, nunca mais. Regina banca a forte para os pais, mas se descontrola quando fica sozinha. Gato nada revela a Claudionor sobre Carlota que, em casa, enche a sua misteriosa caixa de charutos. Na manhã seguinte, Uálber se arruma todo para procurar Ivan e pedir um emprego para Marina; Waldomiro leva duas bandejas para tomar café da manhã com Inês e avisa que dois médicos estão chegando para examiná-la; Márcia vai na casa de Eliseu e descobre os esboços do seu rosto.

CAPÍTULO 10: Márcia se surpreende com tantos esboços do seu rosto. Eliseu tenta convencê-la a posar para ele, naquela manhã, com a luz linda incidindo sobre seus cabelos. Por sua vez, Eleonor decide visitar o rapaz, “tirar ele da cama”, como ironiza Naná, somente para avisá-lo de um curso. Na casa de Waldomiro, os médicos examinam Inês, que fica insegura. No escritório, Fortunato provoca Waldomiro e, afinal, ele confessa estar profundamente envolvido por Inês. Uálber espera Ivan na ante-sala, causando espanto a todos, especialmente quando tem um “piti”. Até emprego para Marina consegue. Gato está na “cola” de Figueira. Carlota também. Márcia e Eleonor se encontram na porta do edifício Bege-Bahia.

CAPÍTULO 11: “Não lhe tirei da cabeça um só instante” - declara Waldomiro para Inês. Os dois se aproximam cada vez mais até a interferência de Maria Antônia. Eleonor se enrola para explicar a sua presença no edifício, mas é salva por Ualber. Regina, sempre autoritária, arma confusão porque tem um carro estacionado na sua vaga no condomínio. De quem é o carro? De Gato, que foi falar com Eliete, e tenta refrear a raiva de Regina, que, como não pode bater nele, desconta no carro. Gato deixa uma forte impressão em Regina. Waldomiro leva Inês para passear no seu novo táxi.

CAPÍTULO 12: Uálber garante e guru não mente: tem um homem jovem na vida de Eleonor, que fica absolutamente em pânico. Na casa de Eliseu, ela fica mais perturbada ainda quando vê o seu retrato, que Eliseu oferece-lhe de presente. Um jogo de enganos começa: Eliseu, entusiasmado com a vida por causa de Márcia, faz a cabeça de Eleonor tecer fantasias. Márcia? Bem… ela sonha acordada. Regina, ainda histérica, pergunta à Eliete “a ficha completa” de Gato. No fórum, Clarice consegue a sua primeira vitória no caso de Adelmo. Léo não entende porque Ivan deu o emprego para Marina; na casa da moça, todos comemoravam, inclusive ela, mas sem muito entusiasmo. Um clima de amor envolve Clarice e Adelmo; assim como Waldomiro e Inês.

CAPÍTULO 13: Gato provoca Carlota, fazendo perguntas ao Seu Clóvis sobre “o genro do dono do Edifício Bege Bahia”. Carlota nem “passa recibo”. Patti, precoce como sempre e metida como nunca, pede satisfações ao pai sobre a noite em que chegou tarde. Regina, que brigou com todo mundo durante o dia, sabe por Adriana de um telefonema dado para o marido. Resolve conferir e descobre o endereço de Carlota. Logo no edifício Bege Bahia! Eliseu passa um dia de sonho junto com Eleonor visitando museus. Após a despedida, a Imperatriz do Mármore vê que esqueceu o presente. Volta na casa de Eliseu, no mesmo momento em que Márcia segue seu impulso de procurar o pintor, parando antes na padaria. A primeira noite de Clarice e Adelmo. Waldomiro admira em silêncio Inês, deitada em seu quarto.

CAPÍTULO 14: Momentos de tensão: Eliseu se surpreende com a chegada de Eleonor. Seu Clóvis teme o encontro entre mãe e filha e, no Condomínio, Inês se assusta com a presença de Waldomiro em seu quarto, mas os dois têm uma conversa de poucas palavras, muitos climas e quase confissões. Eleonor e Regina vêem Waldomiro saindo do quarto de Inês e entram em conflito: a mãe coloca “panos quentes”; a filha quer o confronto. Regina enfrenta ainda Figueira, e, para provocar, passa para ele casualmente o recado . Quando ela parece ter entrado no banho, ele liga para Carlota. Enquanto Léo consulta Uálber sobre seu destino com a rica herdeira, Márcia posa para Eliseu e faz mil perguntas sobre a sua vida. Fica surpresa e admirada com a sua história de garoto pobre que encontrou uma mecenas. Um beijo acontece.

CAPÍTULO 15: Eliseu e Márcia descobrem-se apaixonados, mas preferem guardar segredo. O amor envolve também Clarice e Adelmo, embora a advogada se defenda, com medo que a relação atrapalhe a sua carreira. Eleonor pretende interceder junto a Waldomiro para resolver os problemas financeiros de Nana. Os poderes de Uálber estão cada vez mais exacerbados, mas nem ele sabe onde está o pai, que desapareceu há mais de dez anos, para tristeza de Maria do Carmo. Figueira tenta explicar o que ocorreu na noite anterior, mas Maria Regina fica “que nem executiva de novela”, como reclama o marido. Clarice toma uma decisão difícil e deixa Adelmo.

CAPÍTULO 16: De uma coisa Márcia tem certeza depois de uma conversa com Maria Antônia: seu pai suporta até um genro pobre, mas jamais um artista sonhador. Maria Antônia acha que ela está falando de Léo. Márcia, claro, pensa em Eliseu e em como anunciar para a família a nova paixão. Gato provoca mais uma vez Carlota, que reage, deixando-o mais interessado. Marina usa uma saia mínima para ir ao primeiro dia de trabalho e Uálber decide que ela precisa da assessoria de Adriana. Léo e Eliseu se conhecem na porta do prédio e combinam jogar pelada. Regina entra em acordo com Eliete: a empregada deve vigiar os passos de Figueira. Adelmo, após perambular pela cidade, acha Clarice. Uma dura briga acontece entre eles.

CAPÍTULO 17: Um acidente interrompe a corrida desabalada de Adelmo, após a briga com Clarice, que segue-o. Mais uma vez, Maria Regina e a advogada se confrontam. Inês se submete a uma bateria de exames e depois se consulta com o psiquiatra, Dr. Joffily, mas nada do seu passado vem à tona. Ou ela finge que não. Depois da consulta, dá um jeito de “driblar” o motorista Alfredo e sai sozinha pelas ruas. Ivan dá “chá de cadeira” em Marina, que quase desiste do emprego. Maria Regina resolve procurar Carlota. A solidariedade de outro ex-detento é fundamental para Adelmo, que encontra um lugar para morar e só pensa em um emprego.

CAPÍTULO 18: Cara a cara na rua com Carlota, Regina analisa a “rival” em detalhes, sem compreender seus encantos. Gato, porém, a viu passar chispando com o carro e reconhece-a imediatamente. Logo depois, Figueira e Carlota se encontram, sob a vigilância discreta de Eliete. Inês procura Clarice e cobra da advogada a atenção que ela lhe prometera; confessa-se insegura e apaixonada. Clarice retruca dizendo que também tem os seus problemas, o principal deles, Adelmo. Eleonor convida Eliseu para sair, e fica imensamente constrangida quando cruza com Uálber no elevador. Como havia combinado com Waldomiro, Inês vai até a Marmoreal e decide declarar o seu amor. Nana interrompe o romântico colóquio.

CAPÍTULO 19: “Nitroglicerina pura!”- pensa Nana, que, pressionada por Waldomiro e Maria Regina, não sabe se conta ou não a Eleonor o que aconteceu. Ivan finge-se de solidário com Inês, enquanto Regina briga mais uma vez com o pai e tenta aliciar Márcia - afinal, na sua opinião, Waldomiro está querendo destruir a empresa. Eliete mata a “charada”: Gato esteve no condomínio por causa de Carlota. Já o dono do bar tem certeza que a “jararaca” esteve no bairro para conhecer a viúva e decide procurar Carlota. Nana e Eleonor frente a frente. Nana, indecisa: conta ou não?

CAPÍTULO 20: Maria Antônia e Patti interrompem a conversa de Eleonor e Nana. Gato confessa que seguiu Carlota, o que deixa-a indignada, mas depois percebe que ele só quer “protegê-la. Maria Regina descobre algumas trapaças nos negócios do marido. Eliseu espera ansioso por Márcia. Waldomiro procura uma solução para o problema financeiro de Nana. A conversa entre Eleonor e Nana é retomada.

CAPÍTULO 21: Nana faz o que a sua consciência manda com relação à Eleonor e quanto ao dinheiro de Waldomiro, que aceita das mãos de Alceste. Regina consulta um advogado para saber o quanto Figueira está envolvido em transações escusas no projeto da Chapada Diamantina. Léo vai na casa de Eliseu, que espera a chegada de Márcia. Uálber está trancado no quarto, e nem recebe as clientes, dentre elas, Carlota, que está preocupada com o seu futuro. Figueira cheira um charuto cubano e Patti reage furiosa proibindo-o de fumar. Regina pensa em Adelmo e, logo depois, encontra-o.

CAPÍTULO 22: Regina convida Adelmo para um café e oferece-lhe um misterioso emprego. Clarice visita Inês e vê claramente o amor de Waldomiro, que ele não faz o menor esforço para esconder. Inseguros, Inês busca conselhos com a advogada e pensa até em abandonar o seu grande amor; enquanto Waldomiro conversa com Fortunato, amigo há 30 anos. Claudionor tenta consolar Gato, que está um pouco deprimido por causa de Carlota; ela, por sua vez, continua ajudando o orfanato de forma pouco usual. Separa os seus charutos e vai se encontrar com um misterioso comendador. Gato decide mais uma vez seguí-la. Uálber continua no seu transe espiritual.

CAPÍTULO 23: Dois dias na Serra de Pedreira, “onde o mármore é azul” - Waldomiro convida e Inês, após relutar, aceita. Márcia sai da casa de Eliseu e resolve conversar com Geninha sobre o seu príncipe encantado; embora tarde, Eleonor decide ir na casa de Uálber. Nana, que deu-lhe uma carona e ficou esperando no carro, vê Márcia. “Já imaginou se ela te dá um flagrante”- fala Nana para a amiga. Na casa de Regina e Figueira, conversar sobre a noite da crise hipertensiva é proibido entre os dois, embora ele insista. Fazer amor, então, nem pensar. “Nunca mais”- garante Regina. Na manhã seguinte, Waldomiro enfrenta a reação das filhas à sua viagem com Inês.

CAPÍTULO 24: Regina mais uma vez desafia o pai e faz ameaças veladas caso ele prossiga com Inês. Depois, fica completamente descontrolada, diante do perplexo Figueira. Claudionor, após Eliete lhe contar tudo, passa a ser aliado de Gato em sua história com Carlota. Waldomiro compra quatro diamantes muito valiosos. Léo, como sempre, se estranha com Uálber e seu fiel assistente Edilberto. A guerra vai começar: Waldomiro chama o advogado para falar da partilha de bens; Regina e Ivan se aliam. Eleonor, após saber da viagem, procura Inês para conversar.

CAPÍTULO 25: Eleonor propõe, sem “dar muita bandeira”, ir até a casa de Eliseu. Ele reluta, pensa na visita de Márcia, inventa uma desculpa, mas depois concorda. Eleonor faz reflexões sobre o seu casamento e sobre o amor, que são interrompidas pelas batidas na porta: é Léo. Logo depois, chega Márcia, que fica vendo de longe o papo entre os dois. Regina e Gato se enfrentam e Uálber leva as sobras. Carlota resolve ir com Figueira para o hospital e fica cara a cara com Regina. Waldomiro mostra com orgulho o seu mármore azul, a carne de sol com macaxeira, o licor de jenipapo, coisas que fazem o seu prazer. Inês adora tudo e mais ainda a promessa da noite de amor com Waldomiro.

CAPÍTULO 26: A briga de Carlota e Regina faz “tremer” as paredes do hospital. O amor de Inês e Waldomiro “balança” a pedreira. Márcia decide ir embora sem falar com Eliseu, só para não encontrar com Léo. Eleonor sai logo depois, para desespero de Seu Clóvis que teme o encontro. “Você ainda não viu nada” - diz Regina que, transtornada, faz ameaças a Figueira, que novamente passa muito mal. Márcia surpreende um brilho novo no olhar da mãe, quando vai procurá-la em casa, mas Eleonor nada fala. Adelmo procura Clarice. Waldomiro e Inês reafirmam as promessas de amor e de um futuro a dois.

CAPÍTULO 27: Gato oferece solidariedade à Carlota, desculpa-se e ainda faz uma declaração de amor. Adelmo tenta entender o que se passa na cabeça de Clarice, e mais uma vez eles se despedem com muita mágoa. Uálber sonha em ter o seu 0-900 e resolver os seus problemas financeiros, como confidencia ao fiel Edilberto. E prefere não remexer no passado, “o tempo dos olhos azuis”, como diz Maria do Carmo mexendo no velho álbum de fotografias, um mistério da vida do guru. “Não deixe as duas se encontrarem” - aconselha Clóvis quando Eliseu pergunta por Márcia e sabe que ela foi embora. Eleonor, Ivan, Márcia, Alceste e Maria Antonia discutem o futuro de Waldomiro. Na Serra da Estrela, ele dá um anel de brilhante para Inês e pede-a em casamento.

CAPÍTULO 28: “A gente não pode projetar um futuro sem resolver as questões do presente”- pondera Inês, ainda emocionada com o pedido de casamento. Waldomiro aceita que ela pense mais um pouco e toma uma decisão: mudar o visual assim como está mudando a sua vida. Nana tenta convencer Eleonor a jogar “esses english muffins na parede”, a brigar por Waldomiro e ela garante que assim o fará se a relação com Inês for realmente séria. Marina sai com Adriana para comprar roupas de trabalho, a pedido de Uálber, e reverte o programa levando Adriana para um rolê na praia. Léo é a nova vítima de Regina: ela convence-o a dar um telefonema para um jornal fazendo uma denúncia, mais uma etapa do seu plano de destruir Figueira, caso ele sobreviva. Inês aceita o pedido de casamento.

CAPÍTULO 29: Waldomiro toma uma decisão: assim que chegar ao Rio, vai procurar Eleonor, contar tudo sobre o seu amor por Inês e pedir o divórcio. E sem intermediários. Inês teme a reação de todas. Edilberto tem um plano para tornar Uálber “mais famoso que a loura e a morena do tchan juntas”, mas o mestre teme jamais conseguir repetir o momento de transcendência e levitação. Gato segue Carlota e vê toda a sua atividade no orfanato. Regina finge perdoar Figueira. Marina paquera na praia, o que deixa Adriana constrangida. No mesmo local, Eliseu e Márcia passeiam no maior “love” e são vistos pelas duas moças. Adelmo resolve procurar Regina. Ela só abre a porta do carro e manda-o entrar. Waldomiro chega ao condomínio e seu novo visual causa surpresa em todos.

CAPÍTULO 30: Inês acha que é mau presságio quando Eliete quebra um vaso após ouvir a ordem do patrão: “leve as malas de D. Inês para o meu quarto também”. A crise é iminente e Eleonor, sentindo-se pressionada por Maria Antonia, resolve passear. Regina se convida para ir ao motel onde mora Adelmo, usa de toda a sua sedução, mas depois foge esbaforida. No orfanato, Carlota abre o seu coração falando de seu passado: sua infância órfã, a morte da mãe adotiva, o abuso do padrasto, entre tantas coisas. Quando ela sai , Gato com todo o seu amor, está à sua espera. Pela primeira vez, o seu sentimento é parcialmente correspondido. Uálber espera a prima, que foi para um hotel com um homem que mal conhecia e bêbada - como garante Adriana. Eleonor, de volta à sua casa, se vê cara a cara com Waldomiro.

CAPÍTULO 31: Eleonor não cede e permanece na reunião, na qual Regina apresenta um relatório que incrimina Figueira. Ele pede demissão e todos votam sobre o assunto. Maria Regina coloca outra discussão na pauta: sucessão. Eleonor enfrenta Waldomiro pela primeira vez. Ele, por sua vez, desconfia que a “fonte” da reportagem contra a Marmoreal está na própria empresa e Adriana confirma que Regina esteve com o processo da pedreira muitos dias nas mãos. No momento, porém, ele resolve concentrar forças em conseguir o divórcio de Eleonor. Regina decide “comprar” Inês, para que ela desapareça.

CAPÍTULO 32: Regina oferece até dois milhões para ela largar o pai. Inês tenta acalmá-la, mas depois reage. Sandoval convence Adelmo a procurar mais uma vez Clarice, já que ele não consegue tirá-la do pensamento. Uálber aconselha Carlota a ir fundo na relação com Gato. Márcia, enfim, chega na casa de Eliseu, que estava inseguro por não saber onde encontrá-la e pede: “ me apresenta para o seus pais”. “Me apresenta para essa tua protetora, então” - rebate Márcia. Waldomiro fica louco de raiva ao saber o que Regina propôs a Inês, praticamente invade o quarto da filha e a briga entre os dois é feia. “Você vai me pagar! E muito caro! - ameaça uma ensandecida Regina. No dia seguinte, ela convoca uma reunião informal na casa de Eleonor, sem a presença de Márcia, e anuncia que vai pedir a interdição judicial de “Seu Waldomiro”- como agora se refere ao pai.

CAPÍTULO 33: Eleonor reage à idéia do pedido de interdição judicial de Waldomiro, mas Regina acha que tudo é questão de tempo. Os documentos de divórcio e partilha de bens estão prontos e Waldomiro deve levar para Eleonor assinar. Clarice escuta uma conversa de Eleonor e Nana sobre Eliseu e fica alerta. Segue a Imperatriz do Mármore e vê quando ela sai com o rapaz do Bege Bahia . Faz perguntas a Seu Clóvis e confirma que ela vai sempre lá. Uálber prepara o clima e tenta mais uma vez levitar. Marina começa a trabalhar no show-room da Marmoreal. Regina procura Adelmo, deixando-o mais uma vez na mão. Clarice, de caso pensado, surpreende Eleonor e Eliseu num restaurante.

CAPÍTULO 34: Eleonor reassume a naturalidade em segundos, mas Eliseu percebe que algo está errado e propõe que eles conversem na sua casa. Inês, vendo que Waldomiro está preocupado, sugere que a história de casamento seja adiada e ele reage. Figueira vai à casa de Carlota. Gato resolve subir logo depois e uma briga só não acontece de fato, porque Claudionor interfere. Audálio da Silva, um empresário grosso, conhecido como Rei dos Compressores, com quem Ivan tem que negociar, sugere que se convide “a menina do show-room”, Marina, para um jantar e uma esticada. Uálber consegue mais uma vez a transcendência. Eleonor, ainda perturbada com um clima que rolou com Eliseu, se encontra com Waldomiro.

CAPÍTULO 35: “Eu ainda não estou pronta para assinar esses papéis. o Waldomiro vai ter que esperar” -assim Eleonor resume para Nana, em poucas palavras, a difícil conversa que teve com o marido. Clarice conta a Inês que Eleonor tem um caso com um rapazinho e que isso poderá ser usado no divórcio. Claudionor, a pedido de Maria do Carmo, arromba a porta do quarto de Uálber, e interrompe o momento mágico da levitação. O guru despenca em cima dele, que passa o dia inteiro com nojo do cheiro de homem. Carlota busca fazer as pazes com Gato e descobre não saber seu nome verdadeiro, que ele não conta há trinta anos para ninguém. Regina convida Adelmo para ser seu empregado. Depois, fazem amor inflamado.

CAPÍTULO 36: Regina reafirma o convite para Adelmo e promete voltar ao quarto do motel. Claudionor, decepcionado com seu desempenho sexual, garante a Eliete que foi “a primeira vez”. Fica mais irritado ainda quando Uálber aparece para agradecer. Já o guru tem certeza que eles ainda vão ficar juntos. Ivan consegue fechar negócio durante o jantar e Audálio e Marina “esticam, mas a moça é barrada na boate, arma a maior confusão e acaba jogada na sarjeta. Quem a socorre é Renildo, o filho de Seu Clóvis, que acaba de chegar da Holanda. Eleonor procura Waldomiro, entrega os papéis assinados e lança a bomba: vai pedir a sua interdição judicial por prodigalidade. Os dois brigam como nunca fizeram antes.

CAPÍTULO 37: Waldomiro diz a Inês que vai deixar a Marmoreal para as filhas e começar vida nova ao seu lado. Para isso tem a sua “fortuna portátil”, que ninguém conhece. Maria Antônia briga com Ivan por ele ter “dado de bandeja” a irmã para o industrial, exige que ele peça desculpas à Marina mostrando uma força que o marido desconhecia. Inês veladamente ameaça Eleonor, deixando escapar que sabe da sua relação com Eliseu. Clóvis passa mal ao reencontrar-se com Renildo. Eleonor comunica às filhas que vai interditar Waldomiro. Ele interrompe a reunião só para avisar que deixa a Marmoreal para a ex-mulher e as filhas.

CAPÍTULO 38: Em breve, todos saberão os termos da partilha - garante Waldomiro. Márcia briga com as irmãs por não concordar com tudo que aconteceu à sua revelia. Eleonor “quebra” no final da reunião, especialmente quando Waldomiro proíbe-a de falar com ele a partir daquele momento, “nem mesmo através das nossas filhas”. Clarice mostra muito interesse pelos diamantes de Waldomiro. O empresário tem um plano para não deixar Maria Regina ficar com todo o poder e, com a ajuda de Figueira, coloca-o em prática. Figueira decide não aceitar mais a tirania da mulher. Regina flagra o pai mexendo nos diamantes, embora não veja bem o conteúdo do estojo.

CAPÍTULO 39: Waldomiro expulsa Regina de sua sala. Eleonor se consulta com Uálber. Clarice e Inês conversam sobre o trato que fizeram: “me ajude a destruir aquela gente”- insiste a advogada. Regina vai mais uma vez ao motel, Ivan segue-a e vê quando ela se encontra com Adelmo. Conta tudo para Maria Antônia, mas garante que nada fará contra Regina. Eleonor lê os termos da partilha e concorda. Waldomiro convoca uma assembléia e comunica que Figueira ficará com 24% da empresa e que se eles não chegarem a um acordo na administração da Marmoreal, a partilha será desfeita. Regina se candidata a presidente da empresa. Figueira também.

CAPÍTULO 40: O circo pega fogo: Regina critica Figueira pelo episódio da Chapada Dimantina; Ivan pressiona Regina dizendo que ela é cheia de mistérios; Regina acusa-o de ter dado o golpe do baú; Márcia lança a candidatura da mãe. Waldomiro ameaça desfazer a partilha já que eles começaram a brigar. Fortunato decide a votação e Figueira sai vencedor. A primeira a cumprimentá-lo é Marina, que ele nem sabe muito bem quem é. Waldomiro esvazia as suas gavetas e deixa a empresa sob aplausos dos funcionários. Logo depois, Regina surpreende-o dizendo que ele deve deixar a casa onde mora, que pertence à Marmoreal. Waldomiro e Inês fazem as malas e se mudam para um hotel. Clarice comemora o início do sucesso do seu plano.

CAPÍTULO 41: Carlota e Figueira se encontram. Gato escuta atrás da porta quando ela propõe “o inominável” e os gritos que se seguem. Toca a campainha, Carlota atende, Gato entra e vê o estado de Figueira, o que deixa-o de queixo caído. Carlota propõe “o inominável” para Gato, que foge correndo. Márcia e Regina brigam duramente. Claudionor “nega fogo” mais uma vez e continua culpando Uálber. Waldomiro marca o seu novo casamento e Geninha inicia os preparativos do jantar de comemoração. Adelmo começa a trabalhar como motorista de Regina. Chega o dia e Eleonor resolve abrir uma garrafa de champanhe com Eliseu. Começa o casamento.

CAPÍTULO 42: É uma cerimônia civil, mas com alguma pompa. Inês permanece nervosa todo o tempo. Waldomiro, muito feliz, recebe os cumprimentos, especialmente de Clarice, que logo se despede. No Bege Bahia, Eleonor brinda com Eliseu ao futuro, e resolve posar nua para o pintor. Regina pressiona Figueira para saber o que seu pai guardava no cofre da Marmoreal. Clarice e Adelmo se encontram, e ela quase “amolece”, mas segue adiante, arruma as suas coisas e avisa ao amigo Cláudio que estará fora por uns tempos. Rafa, o filho de Regina e Figueira, é levado, na saída da natação, por um homem que não conhece.

CAPÍTULO 175: Uálber fica preso junto com a imagem retorcida do demônio; invoca os poderes do bem e tudo volta ao normal. O guru, porém, deixa cair um detalhe de sua túnica na pequena sala. Marcelo pressente tudo, vai até a galeria no meio da noite e encontra a prova que alguém esteve lá. Renildo “some” no jogo; Clóvis e Marina se preocupam de ele passar mal de novo, mas um gol do craque acalma todos. Consuelo flagra Léo no motel, manda Adriana ir embora e entrega ao rapaz o contrato pré-nupcial. Regina pergunta a Lucilene o que acha dela; depois de muito hesitar, a empregada responde. Waldomiro se irrita ao ver Lavínia sair pela manhã no carro de Mauro e acaba brigando com Carlota. Regina recebe um xeque-mate do pai: ou interrompe a prospecção em Itaguaí ou os moradores da região vão fazer um escarcéu na porta da Marmoreal.

CAPÍTULO 176: Regina diz desaforos pelo telefone para Carlota, que está em Itaguaí comandando a caravana de manifestantes, e coloca a segurança de prontidão. Mauro demonstra curiosidade em conhecer os equipamentos da marmoraria e Lavínia desconfia. Eleonor, Figueira, Márcia e Maria Antônia se unem a favor de Waldomiro. Léo já se sente rico, porque herdará tudo de Consuelo. Marina se anima a fazer um acordo pré-nupcial com Renildo. Alceste pensa em testamento. Genival sai todo arrumado; Maria do Carmo vai atrás. Marcelo vai ao Bege Bahia e confirma que o detalhe é da roupa de Uálber. Os manifestantes chegam à porta da Marmoreal, liderados por Edson; Waldomiro e Carlota caminham de braços dados à frente da multidão. Um batalhão de seguranças aguarda os manifestantes. Novaes e Waldomiro ficam frente a frente.

CAPÍTULO 177: Os manifestantes gritam palavras de ordem. Regina, em seu gabinete, insulta a plebe. Marcelo e Uálber travam um embate e o guru promete contar a Eleonor que ele é um devoto de Satanás. Marcelo tenta matar Uálber, que é salvo por um gesto de valentia de Edilberto. Maria do Carmo descobre Genival em um cassino clandestino. Marina procura Maria Antônia, que abre mão da sua parte no contrato de Renildo. Regina mostra para Adriana um revólver e garante que, se necessário, ela vai reagir a bala. Waldomiro dá uma entrevista para a televisão, o que enfurece mais ainda a presidente, que manda a segurança agir. Eleonor dá uma bofetada na filha, ameaça interná-la e exige que ela receba a comissão de manifestantes. Regina acede.

CAPÍTULO 178: Edson explica os problemas que a pedreira de Itaguaí causa às pessoas, especialmente às crianças. Regina argumenta que a pedreira dá empregos. No meio da confusão, chegam os técnicos para instalar os softwares piratas. Eleonor mais uma vez pressiona a filha; Waldomiro promete mandar o noticiário para os compradores italianos. Genival confessa a Maria do Carmo ser um viciado em jogo. Lavínia estranha ao ver Sandoval mostrando as máquinas para Mauro. Regina decide fechar a pedreira e dá entrevistas mostrando como é magnânima. Figueira pede para trabalhar com Waldomiro na pequena marmoraria. Maria do Carmo ganha três mil na roleta. Renildo está de volta e a torcida comemora na porta do Bege Bahia. Adelmo manda Gladys ir embora para casa e Regina interpela-o furiosa.

CAPÍTULO 179: Regina briga com Adelmo e mostra todo o seu desprezo pelos pobres. Ele beija-a com paixão e abandona-a para sempre. Adriana pega o exame de DNA e comprova que Fortunato é seu pai. Laranjeiras está em festa com a chegada de Renildo. Márcia e Maria Antônia decidem jantar fora; Eliseu e Gylvânia também. Waldomiro encontra Lavínia e Mauro conversando em sua casa e toma satisfações. Adelmo resolve levar Júnior para ficar com a tia; no elevador, cruzam com Mauro, que é reconhecido pelo garoto. Alceste e Nana comunicam que o casamento será na próxima semana. Gato fica arrasado quando toma conhecimento da notícia. Márcia e Eliseu se vêem cara a cara no restaurante.

CAPÍTULO 180: Os dois ficam muito mobilizados pelo encontro. Waldomiro revela seu plano para Carlota: vai ganhar muito dinheiro e comprar o filho de Lavínia. Adriana chega em casa animada e confessa seu amor pelos pais; Geninha, porém, está decidida a revelar a verdade. Gato agarra Nana, leva-a para cama, mas ela acaba reagindo, mandando-o embora. Eleonor encoraja Márcia a procurar Eliseu. Marina e Renildo fazem amor pela primeira vez. Regina pede desculpas a Adelmo, implora, mas ele permanece irredutível. Os dois valentões com pitbulls atacam Uálber; Claudionor tenta ajudá-lo, quase declara o seu amor, mas é também violentamente atacado e fica caído no chão, sangrando. Semana Anterior Semana Seguinte

CAPÍTULO 199: Marcelo tenta desmentir Eliseu, mas ele conta que assinou a tela, o que poderá ser detectado num exame de raio-x. O Delegado Ramalho apresenta mais uma prova contra o marchand: ele usa nome falso e precisa fazer um exame de impressões digitais. Waldomiro abre o seu plano para Lavínia: vai ganhar muito dinheiro para pagar pelo seu filho. Ela fica transtornada, declara o seu amor e avisa que ele vai ter que brigar muito na justiça para conseguir ficar com a criança. Eleonor dá uma bofetada em Marcelo, quando ele insiste em afirmar que a ama. Renildo vai ao desfile e é assediado por todas as modelos. Um ritual satânico tira o marchand da cadeia. É dia do casamento de Nana; Gato resolve agir. Lavínia se despede de Waldomiro.

CAPÍTULO 200: Gato vai à casa de Nana e agarra-a. Ramalho estranha encontrar o inquérito de Clarice na mala de Marcelo; em conversa com Altair, encontra a pista entre os dois casos: os diamantes falsos. Uma tempestade desaba sobre a cidade. Fortunato, desesperado, sai de casa debaixo da chuva andando sem rumo e acaba debaixo de um viaduto. Gato pede que Nana não se case. Eliseu vai ser julgado por estelionato e pode pegar um ano. Marcelo procura Regina e pede que ela preste atenção às últimas palavras de Clarice, que podem ser a chave para encontrar os diamantes. Waldomiro procura Lavínia para uma conversa.

CAPÍTULO 201: Ele pede que ela não decida nada até o final do dia. Regina se lembra da imagem de Nossa Senhora da Conceição. Maria do Carmo e Edilberto resolvem ir ao casamento de Alceste, mesmo sem terem sido convidados. Consuelo morre fazendo amor. Carlota, Gylvânia, Marina e Renildo encontram Fortunato na rua, muito febril e ele é levado para o hospital sussurrando o nome de Geninha. Começa o casamento e Nana entra linda, mas estranha, na igreja. Regina marca encontro com Marcelo. Na hora do sim, a noiva pede para ir ao banheiro e todos ficam perplexos. Lavínia decide que vai encontrar os diamantes para dar boa vida ao filho.

CAPÍTULO 202: Adelmo fica horrorizado e a irmã muda a história; vai achar os diamantes para entregá-los a Waldomiro. Regina decide cortar a folha de pagamentos para resolver os problemas da Marmoreal. Adriana nem se preocupa com o pai. Alceste continua sozinho no altar esperando Nana. Carlota e Gylvânia chegam na igreja para buscar Geninha; a jovem estranha ao ver Figueira no altar de fraque. Ele tenta se explicar mas é inútil. Nana fugiu; Maria do Carmo “salva” Alceste levando-o para a sua casa. Gato vibra ao saber que não houve casamento. Waldomiro e Geninha vão ao hospital; ela chora ao ver o estado do marido e promete que vai ficar ao lado dele. Regina afirma para Marcelo saber que os diamantes ainda estão na casa onde Clarice morava.

CAPÍTULO 203: Os dois partem em busca dos diamantes. Patti vai à casa de Gyl para ter uma conversa de mulher para mulher. Fortunato e Geninha se reconciliam. Léo e Adriana comemoram num motel a fortuna que ele irá herdar. Genival se irrita ao ver Maria do Carmo paparicando Alceste. A chegada de Gato interrompe a conversa entre Eleonor e Nana. Figueira pede Gyl em casamento e ela aceita. Eliseu e Márcia levam Maria Antônia para o hospital. No Bar do Gato, acontece a grande festa organizada por Clóvis. Adelmo vê o carro de Regina parado na porta da casa de Clarice. Waldomiro surpreende Mauro e Lavínia se beijando.

CAPÍTULO 204: Waldomiro quase explode. Marcelo e Regina descobrem que a santa foi quebrada; Adelmo vê os dois saindo da casa. Nana é franca com Gato: não quer abrir nem mão dele, nem de Alceste. Dr. Faria informa Eleonor de todos os desmandos de Regina na Marmoreal; ela sabe que chegou o momento de agir. Nasce o bebê de Maria Antônia, uma menina. Fortunato tem uma recuperação surpreendente. Waldomiro e Lavínia se beijam, mas ela manda-o embora em seguida. Clóvis, completamente bêbado, joga dinheiro para o alto. Marcelo ameaça Dr. Cláudio com um revólver. Uálber precisa conversar sério com Renildo, após um telefonema de Hanif. Eleonor propõe a Waldomiro realizar uma assembléia para destituir Regina. Semana Anterior Semana Seguinte

CAPÍTULO 205: Cláudio nega saber o paradeiro dos diamantes; Adelmo chega, leva uma coronhada de Marcelo e desmaia. Lavínia se surpreende quando Adelmo promete ajudá-la a encontrar os diamantes. Carlota ouve tudo. Uálber conta que Renildo tem um tumor cerebral e que nunca mais vai poder jogar futebol. Marina se desespera ao saber e procura imediatamente Giovani Malaparte, que não tem a menor intenção de contratá-la. Chega na casa de Maria do Carmo uma outra esposa de Genival, Nazaré, carregando dois filhos pela mão, Bruno e Daniela. Um guarda-vidas salva Marina, que tenta se suicidar entrando no mar. Adriana avisa a Regina que vai haver uma assembléia dos acionistas.

CAPÍTULO 206: Maria do Carmo perdoa Genival, mas garante que ele não faz parte mais da sua vida. Ele tenta arrancar um dinheiro de Uálber, sem sucesso. Marina arrasa com Renildo ao dizer que quer mais é que ele morra. Regina consegue uma impressão digital de Marcelo e envia ao Delegado Ramalho. Na assembléia, surpreende a todos dizendo que assinará a ata sem contestar nada. Waldomiro volta à Presidência da Marmoreal. Renildo e Clóvis se emocionam muito e choram abraçados. Uálber conhece Vanderley, o novo empregado do bar, e a eletricidade entre eles é imediata. Edilberto se assusta ao ver os búzios emitindo uma forte luz. Regina chora nos braços de Adelmo que chega de surpresa. Carlota avisa a Waldomiro que Lavínia está planejando passar a perna nele.

CAPÍTULO 207: Waldomiro pede que ela não se meta mais com Lavínia. Nana avisa a Alceste que pretende ficar com os dois e que ele pense nessa possibilidade. Marina se tranca no quarto. Os búzios emitem uma luz que invade todo o quarto e Uálber recupera a sua fé. Regina promete avisar a Adelmo quando souber dos diamantes. Marcelo é, na verdade, João Pedro de Souza Botelho, um escroque internacional; a polícia vai atrás dele na galeria, onde ele prepara um ritual satânico. O fogo toma conta de tudo e uma grande explosão acontece. Eleonor desmaia ao ver num canto de seu quarto Marcelo com a roupa toda chamuscada.

CAPÍTULO 208: As forças do mal brigam com as forças do bem, e Uálber vence protegendo Eleonor. Carlota remexe em suas coisas e encontra as roupas da antiga Carlota Valdés, a do Inominável. Depois, conhece Mauro e aceita uma carona. Marina pede perdão a Renildo e promete ficar com ele até o final da vida. Léo entrou numa roubada, só herdou dívidas; Adriana se dispõe a pagá-las e se mudar com ele para Miami. Apesar de tudo, despede-se com emoção de Geninha e Fortunato. Waldomiro e Regina têm uma conversa séria, ela fala tudo que estava engasgado ao longo dos anos; ele baqueia; os dois quase se reconciliam, mas é só por um momento. Regina canta vitória dizendo que vai ficar com todos os diamantes. Avisa Adelmo que já sabe onde estão as pedras.

CAPÍTULO 209 - ÚLTIMO CAPÍTULO: Adelmo pede um tempo para encontrá-la, pois precisa buscar Júnior no colégio. Em vez disso, vai até a casa de Clarice com Lavínia e Uálber. Regina descobre que foi enganada e vai também até lá com uma arma carregada na bolsa. Lavínia e Adelmo encontram os diamantes; na saída Regina atira e acerta o amante. Enlouquecida, coloca os dois no carro e foge. A polícia faz um cerco e, no meio da confusão, Lavínia foge. Regina é internada numa clínica psiquiátrica. Waldomiro recebe as suas pedras de volta e se reconcilia para sempre com a amada. Nasce o filho dos dois e Júnior é convidado para padrinho. Eleonor embarca num navio e conhece o verdadeiro Marcelo Barone. Na casa de Maria do Carmo, a comemoração é familiar. Carlota Valdés volta a atuar. Eliseu é solto e Márcia está esperando por ele. Waldomiro e Lavínia vivem felizes para sempre.