Banda Mel

BATEU SAUDADE

Jura, jura

Que me dá o seu amor

Que me dá o seu amor

Que me dá, que me dá, que me dá, que me dá

Tum tum tum bateu

Tum tum tum bateu

Tum tum tum bateu

A saudade bateu que doeu

E jura …

O teu beijo tem o gosto da verdade

O teu beijo foi pra mim felicidade

Não consigo te esquecer

Não aguento mais sofrer

Sem você eu morro de saudade

O teu beijo tem… até …morro de saudade Tum tum tum… até …bateu que doeu


CERVEJA

Tô com sede, mas não quero água

Quero uma cerveja boa e gelada

Pode estar na lata ou na garrafa

Pode estar no copo ou no garrafão

Pode estar no cantil ou na taça

Se tiver gelada eu passo a mão

Pode estar aberta ou fechada

Pode ser inverno ou qualquer estação

Pode ser dia, noite, madrugada

Pode estar fumaça que eu bebo sem perdão

Tô com sede, mas não queor água

Quero uma cerveja boa e gelada

Se eu tomo uma não me satisfaz

E na boca um sabor de quero mais

O calor aumentando, eu não fico em paz

E o suor escorrendo, eu quero mais

Tô com sede, mas não queor água

Quero uma cerveja boa e gelada


CRENÇA E FÉ

Vou dar a volta no mundo eu vou, vou ver o mundo girar

Mas eu só saio daqui quando o coral negro passar

Essa visão do mundo permanece ainda não modificou

O que não se comenta, o que a razão alenta o que não se cantou

Ilê ayê começa onde termina o ponto de eclosão total

Onde não se divide, e nem se descrimina é mais um carnaval

E diga yes, diga yes sou negrão, e diga yes, diga yes, sou negrão

E diga yes, diga yes sou negrão, sim, sim, sim sim sim sim…

O negro não desiste ele só persiste em sobreviver

Pela sua história em sua memória o que lhe faz crescer

Ilê ayê define toda sua crença a nos motivar

E dentro da ciência só com paciência venha comemorar


DEBOCHE DO PASSARINHO

Me acorde, me leve

Eu sou um brinquedo

Não tenha medo

Não tenha dó

A luz dos meus olhos

É uma luz tão forte

Dourada, nobre

Como a luz do sol

Eu hoje sou um passarinho,ô..

Que foge pro seu ninho

Vem devagarinho me ensinar

A canção mel do amor, ô…

Bateu asas e voou, ô…

Meu sabiá

Meu beija-flor, ô…


FESTA NA BAHIA

Na Bahia tudo é motivo de alegria

É carnaval, é festa todo dia

Me espera um pouco

Eu tô chegando já

Eu quero ver Caetano e Gil

Cantarolando na avenida

Atrás do trio, a galera se identifica

Me espere um pouco

Eu tô chegando

Eu vou lá

Vou lá, vou lá

Vou lá, vou lá

Vou lá, vou lá

Deixei minha linda

Na praia de Itapuã

Esperando o sol se abrir

Pra dourar seu corpo nú São Salvador

Eu quero te abraçar de novo

Eu quero te sentir nesse gozo

Que emana dentro do coração

Vou lá, vou lá

Vou lá, vou lá

Vou lá, vou lá


LEVADA DE ROMANCE

Para não para

Não para não

Para não para

Não para não

Tati cum tati

Trelêlê, alê, alê, alê

Alegrou meu coração

Eu sou sua mina de pepita

Vem menino me ninar

Eu sou aquela que faz fita

Que ama a lua e ama o mar

Eu sou chamego sou apego

Vem meu nêgo

Vem bailar

Nessa levada de romance

Nosso lance tem que começar

Começa tudo por ai

Denguinho

Começatudo por ai

Beijinho

Mão boba, oba, oba, oba,

oba, oba, oba ai

Para não para

Não para não

Para não para

Não para não

Tati cum tati

Trelêlê, alê, alê, alê

Alegrou meu coração

Eu sou maneca sou boneca

Sou sapeca pra danar

Eu sou traquina sou menina

Sou granfina é só sonhar

Eu sou de luxo, sou seu cacho

E o meu facho

não vai apagar

Eu tô querando fogo e acho

que esta festa

tem que começar

Estribilho

Para não para

Não para não

Para não para

Não para não

Tati cum tati

Trelêlê, alê, alê, alê

Alegrou meu coração

Mão boba, oba, oba, oba,

oba, oba, oba ai

Ai, ai, ai


PEDINDO AMOR

Mais uma noite não pude te esquecer um só instante

Lembrei assim, de todos os momentos que te fiz sofrer

Duvidei do teu amor a cada dia, quis ser dono do seu pensamento

Ilusão, hoje veja o que restou de mim

Talvez agora, depois que tanto tempo se passou

No seu coração a mesma saudade fez você lembrar

Quando a gente ama enlouquece quase sempre esquece de dizer

Então vem amor vamos acender nossa paixão

Meu coração está pedindo amor e é só você que pode me entregar

Qualquer dia, qualquer hora, vem amor não demora

Venha me amar

Não tenha medo de voltar pra mim é tão bonito a gente perdoar

Eu te amo de verdade é a nossa felicidade

Te pedindo pra ficar

Meu coração está pedindo amor, está pedindo amor, meu coração

Meu coração está pedindo amor, está pedindo amor …


PREFIXO DE VERÃO

Ae, ae, ae, ae

Ei, ei, ei, ei

Oô, oô, oô, oô, oô, oô, o

Quando você chegar

Quando você chegar

Quando você chegar

Numa nova estação

Te espero no verão

Salve, Salvador

Me bato, me quebro tudo por amor

Eu sou do Pelô

O negro é raça é fruto do amor

Salve, Salvador

Me bato, me quebro tudo por amor

Eu sou do Pelô

Ae, ae, ae, ae

Ei, ei, ei, ei

Oô, oô, oô, oô, oô, oô, o

Ae, ae, ae, ae

Ei, ei, ei, ei

Oô, oô, o

Salve, Salvador… até …Oô, oô, o