Márcia Freire

LUA

Lua Você que embala as ondas da canção

Cadenciando as batidas do meu coração

Nos olhos de quem mira o horizonte

Meu bem

Lua

Me leva na doçura dos seus beijos

Me abraça satisfaz os meus desejos

Me leva por onde quer que vá

Qualquer lugar

Me pega

Me abraça

Me carrega e me leva

Lê, Lê, ô Lê, Lê, ô


MARACUJÁ

Tá nervoso cara, tá nervoso cara

Toma maracujá, toma maracujá

Tire a mão da cabeça

Pare de pensar

Eu sinto que desse jeito

Maluco, você vai pirar

Vai lá Vai lá Vai lá


MARAVILHA

Aqui na praça alegria tem de sobra

Se quizer vem, vem de lado vem de banda

Como é bom demais o som dessa banda

Na onda funk essa onda é de arrazar

Já cheguei meu bem, cheguei para abalar

Vem que tem meu bem, o swing está no ar

Quem está de fora quer entrar

Até a lua já me disse

Que nesse som ficar de fora é tolice

Ninguém me segura

Eu cheguei pra ficar

É só alegria o que eu tenho pra te dar

Maravilha

Vem brincar

Contamina

É como vírus solto pelo ar

Iê, Iê, Iê, Iê, Iê, ô

Solte o corpo, que alvoroço

Iê, Iê, Iê, Iê, Iê, ô

A voz de Deus é a voz do povo


VERMELHO

A cor do meu batuque

Tem o toque e tem

O som da minha voz

Vermelho, vermelhaço

Vermelhusco, vermelhante

Vermelhão

O velho comunista se aliançou

Ao rubro do rubor do meu amor

O brilho do meu canto tem o tom

E a expressão da minha cor

“Vermelho”

Meu coração é vermelho, Hei, Hei

De vermelho vive o coração Ê, ô, ê, ô

Tudo é garantido após

A rosa avermelhar

Tudo é garantido

Após o sol vermelhecer

Vermelhou no curral

A ideologia do folclore

Vermelhou

Vermelhou a paixão

O fogo de artifício

Da vitória Vermelhou


VOU SUBIR LADEIRA

O tempo passa

Eu aqui te esperando

Pra te abraçar

A vida é bela

Ela é bonita

Pra quem sabe aproveitar

Vou subir ladeira

Eu vou subir ladeira

Vou subir ladeira

Eu vou subir Iá, Iá

Cadê você

Eu acredito

Que não lembra mais de mim

Cadê ? Cadê você ?

Eu acredito

Que não lembra mais de mim

Tem que esquecer o passado

Tem que lembrar do presente

Olha a lua, ê Olha a lua

É sexta-feira

É noite de lua cheia

Vou subir ladeira…