Olodum

ALEGRIA GERAL

Olodum tá hippie, Olodum tá pop

Olodum tá reggae, Olodum tá rock

O Olodum pirou de vez

E canta, canta Salvador, canta, canta

Canta meu amor, canta, canta

Olodum do Pelô

Todos os domingos e terças-feiras

Tem samba de roda e capoeira

Domingo tem Olodum no Pelô

Na terça tem a benção do Senhor

Pelourinho se transforma em carnaval

Nesse momento a alegria é geral

No samba de roda eu toco agogô

Junto com Tom Zé , Capinam e Canô


BORA BORA

E se viajo o mundo inteiro com o meu canto

Não paro num só momento é assim que eu chego

As Antilhas do meu novo pensamento

É preciso pensar pra depois agir

Se você quer dançar, pois se junte a mim

Já fui a Ipanema e também ao Japão

Cogumelo Hiroshima, terror Cubatão

Se eu sei ou não sei você que vai dizer

Se meu canto satisfaz sua cabeça pra valer

Bora, bora, bora, dá-lhe Olodum !

Ê …. Bora bora, vamos embora que chegou a hora


REQUEBRA

Requebra, requebra, requebra assim

pode falar, pode rir de mim (4 vezes)

Requebra!

Deusa de marron

Jeito sensual

Quando ela passa agita a cidade

pois é carnaval

Eu já falei que te quero,

não tenho vergonha de te assumir (não, não)

Pois o homem não vive

se o seu sentimento não admitir

pode requebrar, pode requebrar

Requebra, requebra, requebra assim

pode falar, pode rir de mim (4 vezes) requebra…

Faça o que quizer, mas eu não vou te esquecer

quero você, amoooor!(bis) Requebra!

Requebra, requebra, requebra assim

pode falar, pode rir de mim (4 vezes) Requebra….

até no chão!

Embaixo, embaixo, embaixo- ôôô

Em cima, em cima ,em cima-ôôô

Embaixo embaixo embaixo -ôôô

em cima, em cima, em cima -ôôô