Raça Negra

CHEIA DE MANIAS

Cheia de manias,

Toda dengosa

Menina bonita

Sabe que é gostosa

Com esse seu jeito

Faz o que quer de mim

Domina o meu coração

Eu fico sem saber o que fazer

Quero te deixar,

Você não quer, não quer!

Então me ajude a segurar,

Essa barra que é gostar de você

Então me ajude a segurar,

Essa barra que é gostar de você, ê!

Di,di,di,diê!

Di,di,di,diê!

Di,di,di,diê!

Estou na sua casa

Quero ir pro cinema,

Você não gosta

Um motelzinho você fecha a porta

Então me ajude a segurar,

Essa barra que é gostar de você

Então me ajude a segurar,

Essa barra que é gostar de você, ê!

Di,di,di,diê!

Di,di,di,diê!

Di,di,di,diê!


CIGANA

Não deixe o tempo acabar

Com o nosso amor

Eu faço tudo e o impossível

E você não dá valor

Te amo feito um louco

Estou morrendo aos poucos

Você parece estar feliz,

Pisando sobre mim

Desesperadamente

Eu choro por você

Meu coração carece,

Do seu amor, do seu amor

Então vem, então vem

Maltrata de vez, maltrata de vez

Estou com saudade

E a tua maldade me faz delirar

Te perder, te perder

Eu não vou resistir, eu não vou resistir

Eu vivo sofrendo, estou te querendo

Nasci pra você, cigana!


CIÚME DE VOCÊ

Se você demora mais um pouco

E fico louco esperando por você

E digo que não me preocupa

Procuro uma desculpa mas que todo mundo vê

Que é ciúme,

Ciúme de você!

Ciúme de você!

Ciúme de você!

Se você põe aquele seu vestido,

Lindo, e alguém olha pra você

Eu digo que já não gosto dele

Que você não vê que ele está ficando de rodê

Mas é ciúme,

Ciúme de você!

Ciúme de você!

Ciúme de você!

Esse telefone que não pára de tocar

Está sempre ocupado quando penso em lhe falar

Quero então saber logo quem lhe telefonou

O que disse, o que queria, e o que você falou

Só de ciúme,

Ciúme de você!

Ciúme de você!

Ciúme de você!

Se você me diz que vai sair,

Sozinha, eu não deixo você ir

Entenda que no meu coração

Tem a amor demais, meu bem, e essa a razão

Do meu ciúme,

Ciúme de você!

Ciúme de você!

Ciúme de você!


DOCE PAIXÃO

Escute o que eu tenho

Para lhe dizer, meu bem

Um amor tão lindo

Igual a você não tem

Vou te proteger

Com meu sentimento

Vai ficar suspenso

O cheiro do nosso amor, no ar

Venha,

Me conte uma história que fale,

Do nosso amor, do nosso amor

Adoro ouvir o som

Da sua voz, dizendo assim

Te querendo sorrindo,

Pertinho,todinho,

Dentro de mim, no meu olhar

No coração, ó minha doce paixão

Eu quero estar na sua pele

Me embriagar no seu perfume

Tenho ciúme dos teus olhos

Em outra direção

Porque seu corpo sedutor

Passou a ser o meu costume

Quando viajo toda noite

Pra outra dimensão!


É TARDE DEMAIS

Olha só você,

Depois de me perder

Veja só você,

Que pena!

Você não quis me ouvir,

Você não quis saber

Desfez do meu amor, que pena

Que pena!

Hoje é você quem está sofrendo, amor

Hoje sou eu quem não te quer

O meu coração já tem um novo amor

Você pode fazer o que quiser

Você jogou fora

O amor que eu te dei

O sonho que sonhei

Isso não se faz

Você jogou fora

A minha ilusão

A louca paixão

É tarde demais!

Que pena, que pena amor,

Que pena!


JEITO FELINO

Só de pensar que sua boca

Beijou outra boca

Eu sinto o gosto amargo

Da desilusão, e isso é mal

Você me apronta e desmonta,

Um castelo de encantos

Depois me deixa em prantos

Num tédio total, e isso é mal

Sua atitude anormal

Me deixa ferido

Coração partido

Preciso me refazer

Mesmo doendo no peito

Te quero comigo

O teu jeito felino

Machuca e dá prazer

O azul do mar,

E a força das ondas

Vai e vem,

Traz no pensamento,

A saudade de você,

Que vontade de te ver!